!

 

. . 2-3 . 

, , , . , . . 

.


 

:))

 



 Aide Negra Africana

Aide e uma negra africana,
Tinha magia no seu cantar
Tinha os olhos esverdeados
E sabia como cozinhar,
Sinhozinho ficou encantado
E com Aide ele quis se casar
Nego disse, Aide, nao se case,
Va pro quilombo pra se libertar
Aide

Foge pra Camugere
Aide
Foge pra Camugere

No quilombo de Camugere.
A liberdade Aide encontrou
Juntou-se aos negros irmaos,
Descobriu um grande amor
Hoje Aide canta sorrindo,
fala com muito louvor
Liberdade nao tem preco,
O negro sabe quem o libertou
ide

Foge pra Camugere
Aide
Foge pra Camugere

Sinhozinho que disse ento,
Com quilombo eu vou acabar,
Se Aide nao se casa comigo,
Com ninguem ela vai se casar
Aide

Foge pra Camugere
Aide
Foge pra Camugere

chegando em Camugere,
Sinhozinho se surprendeu
O negro mostrou uma arma,
Que na senzala se desenvolveu
O negro venceu a batalha,
E no quilombo Sinhozinho morreu
Aide

Foge pra Camugere
Aide
Foge pra Camugere



 Meu berimbau

Meu berimbau, meu berimbau (bis)
Berimbau do mestre Valdemar
Mestre Canjinquinha e do mestre Aberr
Veja s que berimbau manero, foi um presente
que eu fiz pra voc
Meu berimbau, meu berimbau (bis)

Quando eu pego meu berimbau
Toco Ina e Cavalaria,
Sao Bento Grande, Sao Bento Pequeno,
Angola, Benguela e Santa Maria
Meu berimbau, meu berimbau (bis)

Menoni pega o berimbau, toca bonito
que o mestre quer ver
Ver tocar pro mestre Pirij, mestre Duvali,
mestre Zabel
Meu berimbau, meu berimbau (bis)

Mas o tempo vai, mas o tempo vem
Esse Gunga meu foi meu mestre que deu e eu no
dou pra ningum
Meu berimbau, meu berimbau (bis)

Arr, arr, arr, arr, arr, arr,
Arr, arr, arr, arr, arr, arr, (bis)

La vem o nego, descendo a ladeira
Tocando berimbau e jogando capoeira
Arr, arr, arr, arr, arr, arr, (bis)

Nossa senhora de Conceio
Me livra do perigo e me d minha proteo
Arr, arr, arr, arr, arr, arr, (bis)

Essa noite eu tava triste na solido
Derrepente berimbau tocou, no Morro da Conceio
Arr, arr, arr, arr, arr, arr, (bis)

O lail, o lail, o lail o la lalail
O lail, o lail, o lail o la lalail

O la lail
O l l



 Maculele Popcorri

Te Te Te Olha Te Te A Te Te Te Bom Jesus de Maria
(coro) Te Te Te Olha Te Te A
Te Te Te Bom Jesus de Maria
Mau Mau Vouducele Mau
Mau Mau Vouducele Mau
Ogum B Bere Um Ogum B
Falacubara Bereum B Miroli
Ogum B Bere Um Ogum B
Falacubara Bereum B Miroli
Te Te Te Olha Te Te A Te Te Te Bom Jesus de Maria
(coro) Te Te Te Olha Te Te A
Te Te Te Bom Jesus de Maria
Sou eu, sou eu
Sou eu Maculele, sou eu
Sou eu, sou eu
Sou eu Maculele, sou eu
Te Te Te Olha Te Te A Te Te Te Bom Jesus de Maria
(coro) Te Te Te Olha Te Te A
Te Te Te Bom Jesus de Maria
Caboclo louco da pele morena
Ele Oxoce caador l da Jurema
Te Te Te Olha Te Te A Te Te Te Bom Jesus de Maria
(coro) Te Te Te Olha Te Te A
Te Te Te Bom Jesus de Maria
Oi mina hora e, oi mina hora
Oi mina hora e, sou de Angola
Te Te Te Olha Te Te A Te Te Te Bom Jesus de Maria
(coro) Te Te Te Olha Te Te A
Te Te Te Bom Jesus de Maria
Oi acenda vela pra Ogum
Ele Ogum Babala
Cuide bem de Iemanj
E na mata de Xang
Te Te Te Olha Te Te A Te Te Te Bom Jesus de Maria
(coro) Te Te Te Olha Te Te A
Te Te Te Bom Jesus de Maria
Guerreiro e, guerreiro e
Sou filho de Ganga Zumba
Me chamo Maculele
Te Te Te Olha Te Te A Te Te Te Bom Jesus de Maria
(coro) Te Te Te Olha Te Te A
Te Te Te Bom Jesus de Maria
Maculele de onde que vem
(coro) Eu vim de Angola e
Sarar de onde que vem
(coro) Eu vim de Angola e
Te Te Te Olha Te Te A Te Te Te Bom Jesus de Maria
(coro) Te Te Te Olha Te Te A
Te Te Te Olha Te Te A Te Te Te Bom Jesus de Maria



 Marinheiro So

Eu nao sou daqui
Marinheiro so

Eu nao tenho amor
Marinheiro so

Eu sou da Bahia
Marinheiro so

De Sao Salvador
Marinheiro so

O marinheiro marinherio
Marinheiro so coro

O quem te ensinou a nadar
Marinheiro so

E foi o tombo do navio
Marinheiro so

O foi o balanco do mar
Marinheiro so

La vem la vem
Marinheiro so

Ele vem faceiro
Marinheiro so

Todo de branco
Marinheiro so

Com seu bonezinho
Marinheiro so



 ABALOU CAPOEIRA
Abalou capoeira abalou
Mas se abalou deixa abalar
Abalou capoeira abalou
Mas se abalou decair abalar
Abalou capoeira abalou
E abalou vamos jogar
Abalou capoeira abalou
E abalou vai abalar
Abalou capoeira abalou

ADAO, ADAO
Ado, Ado
Oi cad Salom, Ado
Oi cad Salom, Ado
O foi na Ilha de Mar

AI, AI, AIDE
Ai, ai Aide
Joga bonito que eu quero ver
Ai, ai Aide
Joga bonito que eu quero aprender
Ai, ai Aide

AI AI AI SAO BENTO ME CHAMA
Ai, ai, ai, ai
So Bento me chama
Ai, ai, ai, ai
So Bento piceno
Ai, ai, ai, ai
Pra goga capoeira
Ai, ai, ai, ai
Tocuo berimbao
Ai, ai, ai, ai

ANGOLA E, ANGOLA
Angola e, Angola, Angola e mandiguera, Angola
Angola e, Angola, Angola e mandiguera, Angola
Vou mimbora pra Bahia, amanhe eu vou pra la
Vou jogar a capoeira no mercado popular
Angola e, Angola, Angola e mandiguera, Angola

CAJUE
Vou manda leco
Cajue
Vou manda loia
Cajue
Vou manda leco
Cajue
Vou manda loia
Cajue
Leco
Cajue
Loia
Cajue

CAPOEIRA BALANSA
Nem tudo que reluz e ouro
Nem tudo que balansa cai
Nem tudo que reluz e ouro
Nem tudo que balansa cai
Cai, cai, cai, cai, capoeira balansa mas nao cai
Cai, cai, cai, cai
Capoeira balansa mas nao cai

Dona Maria como vai voce

Vai voce, vai voce
Dona Maria como vai voce
Joga bonito que eu quero aprender
Dona Maria como vai voce
Vai voce, como vai voce
Dona Maria como vai voce
Joga bonito que eu quero ver
Dona Maria como vai voce
Est capoeira, nao e karat
FOLHA SECA
Mas eu pisei na folha seca eu ouvi fazer xue, xua
Xue, xue, xue, xua
Eu ouvi fazer xue, xua

LUANDA E
Luanda e Meu boi
Luanda e Para
A Teresa samba deitada
A Idalinha samba de pe
E la no cais da Bahia
Nao tem lele nao tem nada
O nao tem lele nem lala
O lae laila
O lele
O lae laila
O lele

O QUE E BERIMBAU
O que e berimbau?
A cabasa, arame e um pedaso de pau
O que e berimbau?
A cabasa, arame e um pedaso de pau
Mais como gostoso tocar berimbau

PARANA E
Vou dizer minha mulher, Parana
Capoeira me venceu, Parana
Parana e, Parana e, Parana
Ela quis bater pe firme, Parana
Isso nao aconteceu, Parana
Parana e, Parana e, Parana
Oh Paranaue, Parana
Paranaue, Parana
Parana e, Parana e, Parana

SAI,SAI CATARINA
Sai sai Catarina
Saia do mar venha ver Idalina
Sai sai Catarina
Saia do mar venha ver venha ver
Sai sai Catarina
Oh Catarina, meu amor
Sai sai Catarina
Saia do mar, saia do mar
Sai sai Catarina

SIM E NAO
Oi sim, sim, sim
Oi nao, nao, nao
Mas hoje tem amanha nao, oi pisada do lampiao
Oi sim, sim, sim
Oi nao, nao, nao

Noite de Saudade (Author - Z Baixinho)

Hoje a lua no brilhou no cu
Hoje o meu berimbau no tocou
Hoje e meu pandeiro est mudo
Hoje o meu atabaque no falou

L l l l l leee
L l l l l ooo

Hoje o meu mestre no veio pra roda
At quem no de faltar faltou
Hoje nem Bimba nem seu Pastinha
Veio pr a beno em seu jogador

L l l l l leee
L l l l l ooo

Hoje agachado ao p do berimbau
Confesso que no senti aquele ax
Hoje a comunidade est mais triste
Sentido a falta do Antnio Jacar

L l l l l leee
L l l l l ooo



 ABC da Capoeira

Vem c menino, vem aprender,
Vou lhe ensinar o gingado do ABC,

Coro: Vem c menino, vem aprender,
Vou lhe ensinar o gingado do ABC,

A, de Angola,
B, de Berimbau,
C, de Capoeira que levanta meu Astral,
D, de Dend,
E, de Esquiva,
F, Forma a roda, o importante
G, de Ginga,

Coro: Vem c menino, vem aprender,
Vou lhe ensinar o gingado do ABC,

H, de Harmonia,
I, de Instrumento,
J, Jogador,
K, de Kim compositor,
L, lealdade,
M, Mandingueiro,
N, Negaceia...
O, de Orquestra tem que ter muito respeito,

Coro: Vem c menino, vem aprender,
Vou lhe ensinar o gingado do ABC,

P, de Pastinha, grande Mestre que se foi,
Q, de Quilombo, onde tudo comeou,
R, Regional, Mestre Bimba quem criou,
S, de Senzala do negro trabalhador,

Coro: Vem c menino, vem aprender,
Vou lhe ensinar o gingado do ABC,

T, Tava em casa sem pensar imaginar,
U, de Unio, isso, no pode faltar,
V,vadiao, olha eu fico por aqui,
X, de Xang e o
Z, de Zumbi

Coro: Vem c menino, vem aprender,
vou lhe ensinar o gingado do ABC,

Navalha
Mas a navalha que ta no meu bolso
Cortou, deixa cortar

Coro: Cortou, deixa cortar

Cortou deixa cortar
Coro: cortou,deixa cortar

A capoeira, invadiu meu corao
E nessa vida, s me deu satisfao
Eu aprendi, mas ainda no sei de tudo,
E alm disso ela j conquistou o mundo

O l l l, capoeira, l l,
berimbau, l l,
capoeira de angola e regional

Coro: O l l l, capoeira, l l,
berimbau, l l,
capoeira de angola e regional

Mas a navalha que ta no meu bolso
Cortou, deixa cortar

Coro: Cortou, deixa cortar

Cortou deixa cortar
Coro: cortou,deixa cortar

Na minha vida, j levei muita rasteira,
Mas no coisa, que abale um capoeira,
Graas a Deus, sei cair e levantar,
Fazer a, sair na ginga,
E continuar a jogar,

O l l l, capoeira, l l,
berimbau, l l,
capoeira de angola e regional

Coro: O l l l, capoeira, l l,
berimbau, l l,
capoeira de angola e regional

No vejo a hora de tocar meu berimbau,
Para ouvir o mundo cantar igual,
Paranu, tim tim tim l vai viola,
Ver fazer jogo de dentro,
Vibrar com jogo de fora,

O l l l, capoeira, l l,
berimbau, l l,
capoeira de angola e regional



 Ngo,Ngo,Ngo

Ngo, ngo, ngo, ngo
Acorda pra trabalhar,
Olha o ngo...
Coro: Ngo, ngo, ngo, ngo

Poeira vai levantar, olha o ngo...
Coro: Ngo, ngo, ngo, ngo

Se voc nunca jogou, olha o ngo
Coro: Ngo, ngo, ngo, ngo

Hoje vai ter que pular, olha o ngo
Coro: Ngo, ngo, ngo, ngo

Berimbau j ai tocar, olha o ngo,
Coro: Ngo, ngo, ngo, ngo

Berimbau j vai tocar...

Coro: ... tem roda na beira mar, olha o ngo,
Ngo, ngo, ngo, ngo.

Se voc nunca jogou, olha o ngo,
Coro: Ngo, ngo, ngo, ngo

Hoje vai ter que pular, olha o ngo,
Coro: Ngo, ngo, ngo, ngo

Ginga l que eu gingo c, olha o ngo,
Coro: Ngo, ngo, ngo, ngo

Berimbau j vai tocar, olha o ngo,
Coro: Ngo, ngo, ngo, ngo

Tem roda na beira mar, olha o ngo,
Coro: Ngo, ngo, ngo, ngo

Se voc nunca jogou, olha o ngo,
Coro: Ngo, ngo, ngo, ngo

Berimbau j vai tocar...

Coro: ... tem roda na beira mar, olha o ngo,
Ngo, ngo, ngo, ngo.



 Sou capoeira
Sou capoeira (Cordao de Ouro) olha eu sei que sou
Eu vim aqui foi para jogar
Faco bonito so porque tenho talento
E solto meus movimentos com a voz no coracao

Que amor e esse que trago no coracao
Uma alegria e uma vontadade de ficar
Sao Bento Grande, Iuna e Cavalaria
Quando toca me arrepia hoje e dia de jogar

E o cantador solta a voz pro povo ouvir
Berimbau viola arma a roda e solta o som
A meia lua e ligeira e corta o vento
Capoeira joga dentro como o mestre me ensinou

Sou capoeira (Cordao de Ouro)...

E o capoeira e astuto e e velhaco
E inimigo do perigo e confusao
Mas ele sabe o valor de uma vida
Por isso corre de briga e quer mais e vadiar



 A roda vai comecar..

Eu vim de muito longe
Eu vim aqui so pra jogar
Ja paguei meu berimbau
Ja comecei a tocar
Ja comeci volta do mundo
E a volta qu mundo da, camara

Bate palm minha gente
Que a roda vai comencar (coro)

E se voce nunca jougo
Hoje vai ter pular
(coro)
Eu vim de muito longe
Eu vim aqui pra jogar
(coro)
Se voce nunca rezou..
Hoje vai ter que rezar, camara..
(coro)
Se voce nunca pulo
Hoje vai ter que pular..
(coro)
Oi, meia lua vai subir
E o Martello vai quebrar
(coro)
Se voce nunca brigou
Hoje vai ter que brigar
(coro)



 Tem que ter muita f, muito ax

Mas voc que Baiano oua ai,
Um conselho que eu tenho pra te dar,
Voc tem que aprender capoeira,
Ser Baiano saber gingar,
tocar berimbau mandingueiro,
O pandeiro e saber sambar,
Tem que ter muita f muito ax,
Sorriso no rosto e gingado no p,

Coro: Tem que ter muita f, muito ax

Senhor do Bonfim em que ter muita f,
Coro: Tem que ter muita f, muito ax

Valha-me Deus tem que ter muita f,
Coro: Tem que ter muita f, muito ax

A historia de Bimba e Pastinha,
Cajiquinha e Totonho de Mar,
Passar no Mercado modelo,
Ver a Capoeira como que ...
Coro: Tem que ter muita f, muito ax

Senhor do Bonfim em que ter muita f,
Coro: Tem que ter muita f, muito ax

Valha-me Deus tem que ter muita f,
Coro: Tem que ter muita f, muito ax

comer um ximxim de galinha,
Muita pimenta no acaraj,
Vatap,caruru e abar,
E a famosa moqueca de Tucunar,

Coro: Tem que ter muita f, muito ax

Senhor do Bonfim em que ter muita f,
Coro: Tem que ter muita f, muito ax

Valha-me Deus tem que ter muita f,
Coro: Tem que ter muita f, muito ax

conhecer o Sul da Bahia,
De Ilhus, Itabuna at Itacar,
A histria de So Sururu,
Maneca Brando e de Mestre Abn,
Coro: Tem que ter muita f, muito ax

Senhor do Bonfim em que ter muita f,
Coro: Tem que ter muita f, muito ax

Valha-me Deus tem que ter muita f,
Coro: Tem que ter muita f, muito ax



 Sou l de Itabuna

Sou da Bahia, eu sou l de Itabuna
Terra do Mestre Magrelo, Luiz Medicina e tambm Suassuna

Coro: Sou da Bahia, eu sou l de Itabuna
Terra do Mestre Magrelo, Luiz Medicina e tambm Suassuna
Sou da Bahia, eu sou l de Itabuna
Terra do Mestre Magrelo, Luiz Medicina e tambm Suassuna

Mas eu sou da Bahia, sou l de Itabuna terra do Cacau
La se planta beriba de dia e de noite na roda j tem berimbau
E a roda pra ficar legal o som bonito e o forte coral
Bata palmas e venha ver e Luiz Medicina espao cultural
Coro: Sou da Bahia, eu sou l de Itabuna
Terra do Mestre Magrelo, Luiz Medicina e tambm Suassuna
Sou da Bahia, eu sou l de Itabuna
Terra do Mestre Magrelo, Luiz Medicina e tambm Suassuna

Se voc duvida de mim ta feito o convite pra ir confirmar
Voc vai ficar encantado com a capoeira que rola por l
L tem o Badoque, o Carlinho, tem o Po de Milho e o Lampio
O Ninja, Arthur, Risadinha so to camaradas parece irmo
Minha famlia muito unida tem o Carioca e o Arrepiado
Pra fechar tem Mestre Magrelo que l em Itabuna o mais respeitado
Coro: Sou da Bahia, eu sou l de Itabuna
Terra do Mestre Magrelo, Luiz Medicina e tambm Suassuna
Sou da Bahia, eu sou l de Itabuna
Terra do Mestre Magrelo, Luiz Medicina e tambm Suassuna



 Quem vem la sou eu

Quem vem la sou eu,
quem vem la sou eu
Berimbau bateu,
capoeira sou eu
Quem vem la sou eu,
Qem vem la sou eu
Berimbau bateu,
capoeira sou eu
Eu venho de longe
venho de Itabuna
jogo Capoeira
meu nome Suassuna

Quem vem l sou eu
Quem vem l sou eu
Berimbau bateu
Capoeira sou eu

E sou eu, sou eu
Quem vem la
Mas sou eu quem vem vindo
Quem vem la
E montado a cavalo
Quem vem la
E fumando um charuto
Quem vem la
Quem vem la sou eu,
Qem vem la sou eu
Berimbau bateu,
capoeira sou eu
Eu venho de longe
venho de Itabuna
jogo Capoeira
meu nome Suassuna

Quem vem l sou eu
Quem vem l sou eu
Berimbau bateu
Capoeira sou eu

E sou eu, sou eu
Quem vem la
Mas sou eu quem vem vindo
Quem vem la
E montado a cavalo
Quem vem la
E fumando um charuto
Quem vem la

A hora essa

A hora essa, a hora essa
a hora essa, a hora essa

berimbau tocou na capoeira
berimbau tocou, eu vou joga
berimbau tocou na capoeira
berimbau tocou, eu vou joga

vai la, vai la, vai la, vai la, vai la
vai la, vai la, vai la, vai la, vai la



 CAPOEIRA DE ANGOLA
Jogar Capoeira de Angola
No brigandeira
Menino ve ver lel
Com a cabeca no cho
Vai saindo de au
Completando role
-coro-
Eu fui l no cais da Bahia
Jogar Capoeira
Lembrei de Pastinha de Seu Aber lel
Capoeira de Angola
No bricandeira menino vem ver
-coro-
Camisa (ou meu mestre) sempre falou
Solte o corpo menino
Deixe de falar
Tem que ter sentimento
Para capoeira de Angola jogar
-oro-
Voc diz que entra na roda
Com ginga de corpo sabe balancar
Tem que ser mandingueiro
Para capoeira de Angola jogar



 Antigamente capoeira pra estrangeiro

Antigamente capoeira pra estrangeiro
Todos dizian que era mato de corta
Mas hoje em dia tudo isso ta mudando
Estrangeiro joga Angola, Miudinho e Regional.

E na europa ja se joga capoeira
Americano joga armado pra matar
fecha ponteira fazendo volta por cima
batam palma minha gente tudo isso e de se samba

Antigamente Capoeira pra estrangeiro
Todos dizian que era mato de corta
Mas hoje em dia tudo isso ta mudando
Estrangeiro joga Angola, Miudinho e Regional

O Alemao jogando piquininho
Americano suingando pra valer
O Japones ta tocando berimbau
Vou falar do Mexicano dando ate'salto mortal
CORO
na terra santa ja tem muita capoeira
ja tem angola e tambem regional
ja vi aluno falando para o seu mestre
vou largar o meu trabuco e vou pegar no beribau.



 Tim,Tim,Tim, l vai viola ( CDO)

O moleque chegou l em casa,
Perguntando o que eu ia fazer,
Eu vou no mato, vou pegar biriba,
Pra minha viola fazer,

Coro: Tim, tim, tim l vai viola

Digue, digue, digue, digue, digue, digue, dom,
Coro: Tim, tim, tim l vai viola

mas viola meu bem, mas no violo,
Coro: Tim, tim, tim l vai viola

l vai viola,
Coro: Tim, tim, tim l vai viola

A roda tava desanimada,
O povo mal queria cantar,
Foi eu pegar na viola,
A roda inteira comeou a jogar,

Coro: Tim, tim, tim l vai viola

Digue, digue, digue, digue, digue, digue, dom,
Coro: Tim, tim, tim l vai viola

mas viola meu bem, mas no violo,
Coro: Tim, tim, tim l vai viola

l vai viola
Coro: Tim, tim, tim l vai viola

 

1 2 3 4

 


, , , . , .

 



, . , , .


-  


 



, . , , , .

, . !

 
(c) 2016 Boevoy-DUX.ru :: sitemap to bot